A TODOS os revolucionários, estudantes, professores e todas as outras pessoas nas universidades!

Do Serviço Noticioso Um Mundo A Ganhar (SNUMAG) de 14 de novembro de 2016, aworldtowinns.co.uk

O seguinte artigo é da edição de 14 de novembro de 2016 do jornal Revolution/Revolución, voz do Partido Comunista Revolucionário, EUA (revcom.us).

A TODOS os revolucionários, estudantes, professores e todas as outras pessoas nas universidades!
Com a eleição de Trump, enfrentamos uns Estados Unidos FASCISTAS, e não menos que isso!

1. Em nome da Humanidade, RECUSAMO-NOS a aceitar uns Estados Unidos fascistas! Propaga esta declaração em todo o lado – nas concentrações de protesto que têm irrompido, leva-a às salas de aula, distribui-a nas cantinas, propaga-a nas redes sociais, satura o campus com ela, senta-te e envolve-te de facto, debate-a e discute-a com outros.

Trabalha com estudantes e professores para ancorar debates sobre o conteúdo dela – sobre o que DE FACTO Trump representa, o que é o FASCISMO, a sua história e as suas implicações para vastos setores da população, e o que NÓS precisamos de fazer! Estuda e discute as seguintes obras de Bob Avakian: “A verdade sobre a conspiração de direita... E porque é que Clinton e os Democratas não são nenhuma resposta” e “Os fascistas e a destruição da ‘República de Weimar’... E o que irá substituir isto”. Bob Avakian, Presidente do Partido Comunista Revolucionário, EUA, fez durante décadas uma análise científica que faz muita luz sobre a atual conjuntura política – as suas raízes, a sua dinâmica e o que deve ser feito em resposta.

Leva a peito, e age com base nisso, o título e o apelo dessa declaração: “Ponham-se de pé... Tomem as ruas... Juntem-se às pessoas em todo o lado para construir a resistência de todas as maneiras que puderem! Não parem: não conciliem... Não se acomodem... Não colaborem!”

Estabelece zonas livres de Trump e livres de fascistas! Precisamos de debates e protestos! Precisamos de uma enorme resistência multifacetada a todo o programa que Trump representa, a todos os atos de supremacia branca e misoginia, a todos os ataque aos imigrantes e aos muçulmanos e a outras manifestações de fascismo.

2. Vai mais fundo – sê radical!

O que a vasta maioria dos sete mil milhões de seres humanos enfrenta é um horror, o sistema do capitalismo-imperialismo. Trump não é senão uma manifestação concentrada – grotesca e monstruosa – deste sistema. Este não é o melhor nem o único mundo ou sociedade possíveis. Um mundo radicalmente diferente e muito melhor é possível.

O livro O Novo Comunismo de Bob Avakian fornece uma abordagem inteiramente científica para conhecer e mudar radicalmente o mundo e para fazer a revolução e todo um novo quadro para a emancipação da humanidade.

Envolve-te – e organiza-te – na revolução CONCRETA, para derrubar este sistema tão cedo quanto possível, para uma revolução comunista que visa ir além da longa escuridão da humanidade dividida em amos e escravos. O folheto “COMO PODEMOS GANHAR – Como podemos realmente fazer a revolução” detalha a estratégia para essa revolução. O que é necessário és TU: contacta e junta-te ao Clube Revolução no teu campus. Se não há nenhum Clube Revolução no teu campus, organiza um – vai à página do Clube Revolução para saber como.

3. Combate os ataques das autoridades contra o discurso e a organização radicais, o pensamento crítico e a resistência. Responde com mais, regressa mais forte!

ANULA as ultrajantes “proibições” que foram – ILEGITIMAMENTE – impostas este outono a membros do Clube Revolução em duas importantes universidades deste país, a Universidade de Chicago e a Universidade da Cidade de Nova Iorque [CCNY]. Junta-te aos Clubes Revolução para combater isto, para dar as boas-vindas aos revolucionários nas universidades e nas aulas, e fazendo parte desta luta.

Todos os que sentem que é necessário um genuíno discurso sobre “Quais são o problema e a fonte dos horrores no mundo?... Qual é a solução?... e O que é necessário para mudar e ir além de tudo isto?” precisam de fazer parte disto, tal como todos aqueles que valorizam o pensamento crítico e a liberdade de expressão! Num mundo com uns Estados Unidos Trump-fascistas, vale a pena lembrar as palavras do Pastor Martin Niemoller: “Primeiro, vieram buscar os comunistas...”, presta atenção, e luta para anular estas proibições!

Resiste e repele todas as tentativas de calar o discurso radical e o debate, para murar as universidades do mundo fora dela e para atacar aqueles que estão na linha da frente da resistência contra a opressão e da recusa a aceitar uns Estados Unidos fascistas.